sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Em Estrela do Sul

Os moradores se orgulham
de terem saído em uma página
da Revista Cruzeiro
na década de setenta

Era a foto de uma placa
grudada na entrada de um
restaurante que dizia -
Fechado para o almoço

Quem disse foi Seu Branquinho
logo depois de me olhar e perguntar -
Olha que grama verdinha,
Não te dá vontade de pastar?

quinta-feira, 28 de agosto de 2014


Feiticeiro feliz
É o que faz simpatia
Do que está por um triz

sábado, 23 de agosto de 2014

cada canto é tão ciclópico


Por menor que seja toda
sexta-feira termina um ciclo
e é por isso que são ciclópicas
todas as segundas-feiras,
ciclotímidas segundas-feiras
dos ciclistas

Mas há também as segundas-feiras
dos ciclorápidos
cicloferas, cicloincríveis
meninos de triciclos,
para eles são também ciclópicas
as segundas-feiras

Para mim o caderno aberto há horas
já se tornou ciclópico,
confirmando que pendurar
um poema na  
                      cabeça
não nos redime

Enorme já é cada pingo que cai lá fora
os quais confundo as vezes com
o chuvisco que soa agora de um velho
disco