terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Raso

É tudo muito raso. Vivo em um ambiente onde tudo é muito raso. Penso no mar.  Se o mar no raso é seguro, distancio da areia. O intuito é me sentir pequena qual o mal não vejo. Saio de onde é tudo muito raso. No raso estão todas as afirmações da sua vida. Venha me dizer o contrário, irei ouvi-lo, porque quero ficar longe de onde tudo é muito raso. Penso no mar novamente. Discuto com ele. A discussão é essa, mais me separo do conforto das minhas afirmações, menor me transformo. Eu digo que posso, ele diz que talvez, talvez eu possa. Incapaz de lutar com a natureza, sou engolida pelo mar. Há quem tenha chegado na tangente e visto o que há depois da linha do horizonte. Ficar no limite é perigoso. Wuarrr, ouve só, o som da onda.

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Reumatismo

Nasceu
            inclinado  
                            a ser alegre

inclinou-se, porém, e por doença

Triste

um homem com uma dor ser mais elegante


( das leituras de Bishop e Leminski )