sexta-feira, 27 de abril de 2012

De queixo a 90 com o mar

De queixo a 90
com o mar
ela almeja um futuro
azul, comum, atum
so blue quando
olha para cima quando
olha para baixo
retoma às realísticas
ao perceber que em parte
está afogada não
consegue se livrar das
metades secas e molhadas
com asa à barbatana
rodeada
por seu anjo exterminador


Um homem que dança em fachadas

Um homem que dança em
fachadas
pode ter um destino trágico

Na iminência de uma
queda desemboca em fusão
irreversível com a
cidade

(testas asfálticas inabdicáveis)

Mas imagina só que alegria
seria dançar em
fachadas
de gravidade contrária

Há quem a busque no mais
alcoólico dos balés
ou há quem dance
com estrelas
com sentimento em regresso?



domingo, 8 de abril de 2012

All-stars nesse puzzle fotográfico

tive um sonho em pixels acordei
quadradinha eram como se fizessem
parte de um puzzle, difícil congelar um
sonho em uma fotografia

preciso de um calço
para equilibrar mente em corpo manco
e às vezes o contrário
qual é o seu número senhorita?
(o número de vezes que meu cérebro me sabota)

lembro do meu primeiro all-star tinha
um nicho especial para guardar uma
(única) moeda

all I need is
(Oh John)
all stars nesse puzzle fotográfico quando
eu era criança parecia divertido

sexta-feira, 6 de abril de 2012

Poesia que nasce bastarda

Sr. Cientista
Cabe aqui uma colocação
não há prosa que não se exprima à auto-falantes
melancolia é estado gasoso
altamente inflamável
habita
(inspira)
inabita
(suspira)
por isso tenho cuidado com cigarros
e com dragões

Do entorpecimento da amizade

[p/ Raquel Beatriz]

Algumas pessoas
Permanecem

com m smo súb to


qu  esqu c  mos

de quando
de quando
de quand?

o  pr mei o

    en   ntro