sexta-feira, 26 de setembro de 2008

meudeuss o pc pifou!

Isso mesmo, meu notebook acabou de pifar e eu to a horas achando q posso arrumá-lo. Não q eu seja presunçosa mas eu já resolvi vários problemas nele, principalemnte entrando naqueles sites como o clube do harware e afins. Mas agora (sniff) não consegui. Ele terá q ser internado por alguns dias.

Daí eu to vindo aqui pra discutir minha/nossa dependência virtual. Nessa hora eu pensei "ufa, ainda bem q tenho outro pc aqui em casa!", mas pensei também "droga, mas vou ter q dividi-lo com meus 2 irmãos!!!"
Dae eu pude pensar: minha vida se resume em faculdade, internet. Uma integrando a outra, qndo não estou estudando na faculdade, estou estudando no pc. Virei uma escrava, escrava das maravilhas virtuais, escrava até mesmo daquilo q eu nem mesmo gosto: As relações a distância.
Sabe quando vc encontra um colega seu q vc n vê a anos e vc ainda tem coragem de dizer "puxa, vc nem entra no msn mais!!" affi...affi..affi. Oq está acontecendo com os telefones? Oq está acontecendo com a palavra falada? Não me diz q vc tb n eh daqueles q demora 10min escrevendo uma sms sendo q gastaria 2min se ligasse pra pessoa e falasse o mesmo assunto!

Eis q descubro o meu senhor feudal, a internet. Escravidão desejada. Um negócio de favores.

Mudando de assunto. Q droga o cinemais de Uberlândia, faz 2 semanas q Ensaio sobre a Cegueira estreou no Brasil e até agora não tá em cartaz aqui em Uberlândia!!! São nessas horas q qro ser mto rica pra ter meu cineminha particular. Com meu pipoqueiro particular, meu algodoceiro particular, minha máquina de refrigerantes, meu sugar & sugar.

Ah, chega logo domingo!!!
Dia especial hj, dia 26.

saudads.

Esse blog tá virando diário, mas ngm lê mesmo.
Então chau!

quarta-feira, 17 de setembro de 2008

n leia, isso é inutil.

Vou voltar a ativa nesse blog.
Poxa, mas não tenho nada pra escrever..aliás, eu tenho. Tinha. Oq era mesmo q eu pensei em escrever? Foi esses dias atrás, tive uma idéia legal..mas não lembro. Humnmn..deve ter sido de madrugada. É. Foi. Aqueles poucos minutos antes de dormir que vc tem ótimas idéias, pensa em tdo, no que foi, no que será, no que poderia ser. Pluft. Sumiu. Que raiva. Realmente era legal oq eu ia escrever aqui. Mas se eu n me lembro mais, será q era legal mesmo? Ai..confused.
Acho q não era tão legal assim...n devia ser tão legal..é, n penso coisas tão legais, aliás, penso! Mas meu cérebro é muito egoísta pra deixar q esses pensamentos se externem. Mas..tv, ele só queira me proteger...é, tem dois lados.
Tudo tem dois lados?
Uma moeda tem dois lados..
Uma nota tem dois lados..
Vc tem dois lados?
Eu descobri q tenho dois. Ou mais de dois..
Qual lado se deve escolher? Qual é o melhor lado? O pior é tão pior assim?
humnm..

Qria anotar tdo e um dia colocar na tv. Qm sabe n me falam ql eh o meu melhor lado.

é, vou fazer isso.

Ql era mesmo a coisa legal q eu ia escrever aqui?

domingo, 14 de setembro de 2008

por sentir vontade

Alimentando a minha melancolia, uma musica da mallu com marcelo camelo e foda-se qm n gosta.

Vou ali tocar minha gaita.


Janta
(Mallu Magalhães e Marcelo Camelo)

Eu quis te conhecer, mas tenho que aceitar
caberá ao nosso amor o eterno ou o não dá
pode ser cruel a eternidade
eu ando em frente por sentir vontade

Eu quis te convencer, mas chega insistir
caberá ao nosso amor por o que há de vir
pode ser a eternidade má
caminho em frente pra sentir saudade

Paper clips and crayons in my bed
everybody thinks that I'm sad
I take my ride in melodies and bees and birds
will hear my words
will be both us and you and them together

I can forget about myself trying to be everybody else
I feel allright that we can go away
and please my day
I'll let you stay with me if you surrender

Eu quis te conhecer, mas tenho que aceitar
I can forget about myself trying to be everybody else
caberá ao nosso amor o eterno ou o não dá
I feel allright that we can go away
pode ser a eternidade má
and please my day
eu ando sempre pra sentir vontade
I'll let you stay with me if you surrender

quinta-feira, 4 de setembro de 2008

não sou qm era...

Uma vez já postei aqui um vídeo aqui no qual José Saramago se emocionava depois de ver pela primeira vez o filme de Fernando Meirelles baseado na sua obra "Ensaio sobre a Cegueira". Na minha ânsia por assistir esse filme que entrará em cartaz no dia 12 de setembro, andei pesquisando mais sobre o autor e encontrei dois vídeos de uma entrevista feita com ele pelo Jornal da Globo. O engraçado foi ver q nos falsos poetas blogueiros, fotologers, ou tipinhos como Pedro Bial q encontramos por aí, a tdo custo, não se comparam a facilidade q Saramgo tem em expelir palavras, sentimentos e idéias tão facilmente qnto a nossa vontade de ser como ele.

1ª parte
http://br.youtube.com/watch?v=4XDmsXWlDqE&feature=related

2ªparte
http://br.youtube.com/watch?v=KukaoWu00Uw&feature=related



"Ngm percebe que matar em nome de Deus é fazer de Deus um assassino"
Jose Saramago.