quinta-feira, 26 de abril de 2007

colapsos !

recente conversa entre o victor e eu:

, diz:
ana paula o lucas ta perguntando q horas é a aula hj?

paulinha diz:
14h

, diz:
ok "obrigaaaado" disse lucas numa manha de quinta feira ensolarada
, diz:
pelo sol
, diz:
do inicio de um outono
, diz:
quente
, diz:
porem agradavel
, diz:
enqnto o vento farfalahava entre as folhas
, diz:
da palmeira q estava platnada na frente de sua casa
, diz:
desde os seus dez anod de idade
, diz:
e qnaquele momento enqnto
, diz:
seu irmao digitava incansavelmnte
, diz:
uma frase sem sentido
, diz:
sua amiga ana paula
, diz:
uma garota de 19 anos
, diz:
uberlandense
, diz:
que mora no santa monica
, diz:
continua a ler
, diz:
essas palavras e frases
, diz:
sem muito sentido
, diz:
ou importancia
, diz:
e assima vida continua
, diz:
feita
, diz:
do acumulo
, diz:
de pequenos fragmentos
, diz:
de importantes eventos insignificantes....
, diz:
huahauhauahuahuahauha
, diz:
ai inspirei agora.....
, diz:
desculpe me .. tive um lapso...
, diz:
haha
paulinha diz:
tu bem ;*

.
uahuahauhauhau
pessoas loucas. adoro.

segunda-feira, 16 de abril de 2007

nomadismo atávico


Na rota das caravanas da Idade Média, as feiras e praças públicas se constituíam nos principais entrepostos comerciais e, conseqüentemente, nos locais de maior afluência popular. Nelas a vida acontecia assim: uns vendiam sua produção, outros abasteciam e todos se inteiravam das novidades trazidas pelos mercadores. Essa efervescência contribuía para torná-las ponto de encontro de artistas que perambulavam pelas estradas: os saltimbancos. Esses artistas que se expressavam nas formas mais variadas - acrobacia, equilibrismo, salto, ilusionismo, mímica, ventríloqua, música etc. - exibiam-se ao ar livre para qualquer platéia. Não se fixavam em nenhum lugar porque traziam no sangue o nomadismo atávico.
(OLIVEIRA,1990).
.
.
.
[buscando meu eu ridículo]

terça-feira, 10 de abril de 2007

horizonte distante


foto queroummarpramim.jpg

Alguem já percebeu as expressões das pessoas nos pontos de ônibus?
não consigo desvendar.
não consigo.
não.
desvendar....desvendar...